9 de out de 2013

Detalhes do dia mais lindo do meu ano.

0 comentários Links para esta postagem
Nunca fui daquelas garotas que se imaginava casando em uma igreja enorme, meia luz, arranjos grande, muita renda, muita calda, muito glamour... Acho que eu só parei mesmo pra pensar no MEU casamento quando noivei! Até então cada dia era uma coisa: "Ah, eu vou casar na praia!", "Ah, eu só vou casar no cartório!", "Ah, casar? Cê ta doido...quero isso não! "rs
Meu maior sonho sempre foi TER UMA FAMÍLIA, minha família. Ter um lar, marido, filhos, cachorro... Mas eu nunca parava pra pensar no dia. Foi quando encontrei o Yann. Com ele eu pude sonhar cada detalhe porque nossa história é rica de detalhes incríveis. Por sermos fotógrafos já sabíamos que teriam fotos espalhadas por todos os lados.  Recebemos muitos elogios de tudo e vou deixar registrado aqui o porque de cada escolha:

Horário: Há alguns anos, olhando o álbum de casamento de uma amiga, Kamilla, perguntei a hora que as fotos tinham sido tiradas pq eu achei incrível o sol não ter atrapalhado as fotos (  como acontecem com quem se casa pela manhã. O sol vai ficando mais forte e o branco da decoração chega arder os olhos nas fotos, rs! ). Ela me contou que se casou em um domingo, às 16hs da tarde num clube aqui perto.
Foi quando eu comecei a imaginar a cerimônia linda de dia e a recepção a noite. Com um clima agradável e tal. Decidido! Queria me casar exatamente no por do sol! 16:30h! Mas para que isso acontecesse, tive que colocar no convite que começariamos as 15:30! rs Com os contratempos e tudo mais, a cerimônia iniciou as 16:45h =/ Normal. Mas fiquei muito feliz de estar no carro, assistindo, de longe a cerimônia e observando pelo retrovisor o por do sol mais lindo do mundo. Mais lindo que todos os books que ja havia fotografado nele! A festa começou as 18hs e foi iluminada pela lua ENORME de linda até as 23h. 


Local:  Procuramos vários sítos, fazendas e salões aqui em Itaperuna mas quando a avó paterna do Yann descobriu que queríamos nos casar ao ar livre quase que nos bateu por termos pensado em outro lugar que não fosse a fazenda da família. O problema, que depois virou solução, era que a fazenda fica localizada em outra cidade, à 40km de onde moramos. Mas se fizéssemos um casamento aqui na cidade, certamente a lista de convidados que foi para 300 pessoas teria sido pra 800! rs Por ser lá, fizemos algo mais íntimo e muita gente avisou com antecedência que não poderia ir.
Deus estava cuidado de tudo e creio que lugar mais perfeito pra gente não existia em nenhum outro lugar no mundo!






Decoração: Antes de escolher o Marcelo e a Renata Egidio da Casa das Flores, consultei outros profissionais maravilhosos na minha cidade, mas só eles fizeram meu coração ficar mais seguro e se comprometeram a fazer EXATAMENTE tudo o que eu queria. Falei de todos os detalhes que sonhava e eles fizeram tudo melhor do que eu imaginei...












Plaquinha feita pelo noivo e escrita por uma de nossas madrinhas <3 p="">
Porta que me escondeu quando desci do carro *_*






A equipe da Confeitaria Folly usou um "botequinho"de madeira que foi adaptado pelo decorador pra virar doceria. Morri de rir quando vi que a fila do cupcake tava maior que a de comida! rs
 
                                          
 Presente pras crianças.


 Abotoadura do noivo <3 p="">
  Estou frustrada com o resultado do quadro de digitais rs.. A intenção era que eles fizessem um balao de digitais e teve gente colocando em qualquer lugar, imitando o coracão que eu e Yann fizemos em cima do nome.. Aff.. 
 Presente lindo que meu gatinho me deu. Miniatura do carro que sonhei pra entrar e entrei. *_*




Minhas velas <3 p="">



 

Jesuéllem Cardoso Copyright © 2010 Design by Ipietoon Blogger Template Graphic from Enakei