28 de mai de 2011

Feliz aniversário, Prirmã ♥

0 comentários Links para esta postagem
Amor sincero, cor de rosa, cor de azul... De panelinhas, de pique esconde e futebol com os meninos.
Amor de criança, de adolescente e de gente grande.
Amor de ontem, hoje e amanhã.


Você sempre esteve ao meu lado, desde quando nasceu.
Quem tem uma amizade assim ? Eu, só eu.
Só eu tenho o privilégio de te ter como prima, de te ter morando do lado de casa na fase mais gostosa da minha vida, só eu tive e tenho o privilégio de ter a minha melhor amiga de infância como melhor amiga de juventude, como cumadre.. como melhor amiga da vida toda.


Eu amo você
Feliz aniversário ♥






26 de mai de 2011

A Lista - O. Montenegro

0 comentários Links para esta postagem
"Faça uma lista de grandes amigos.
Quem você mais via há dez anos atrás? Quantos você ainda vê todo dia?
Quantos você já não encontra mais...



Faça uma lista dos sonhos que tinha.
Quantos você desistiu de sonhar?!
Quantos amores jurados pra sempre. Quantos você conseguiu preservar?



Onde você ainda se reconhece?
Na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria?

Quantos amigos você jogou fora?


Quantos mistérios que você sondava...Quantos você conseguiu entender?
Quantos segredos que você guardava... Hoje são bobos ninguém quer saber.



Quantas mentiras você condenava. Quantas você teve que cometer?
Quantos defeitos sanados com o tempo.. Eram o melhor que havia em você?



Quantas canções que você não cantava. Hoje assobia pra sobreviver?
Quantas pessoas que você amava... Hoje acredita que amam você?"




24 de mai de 2011

Mais um dia 24.

0 comentários Links para esta postagem

"Porque amor gosta é de sonhos conjuntos, de planos, viagens, mesmo que eles não dêem certo. 
De flores roubadas, mordidas consentidas e velas coloridas.  De conhecer e ir dançar com os amigos.
De cartas compartilhadas, de choros compartilhados. De mapas de guardanapo, lembranças da infância e bússolas de papelão. De lápis de cor e giz de cera. E de romance, de conquista, de entrega, sedução, verdade. 
De sinceridade. De ser e se fazer importante, pra sempre primeiro, segundo, inesquecível, com jeito de quintal, sala, quarto, varanda e jardim. Saliva, cabelo, mãos, proteção, vontade, expressão e compreensão.
Descanso. 
Porque amor é essa coisa que leva a gente pra frente, em sensação, realidade, carinho, sonho ou esperança. 
Essa coisa que nos acalenta e que nos traz pra mais perto de Deus.
Todo dia. 
Porque amor gosta mesmo é de alegria, mesmo quando ele dói em si mesmo, é poesia."

17 de mai de 2011

Faz muito tempo que eu não escrevo nada.

1 comentários Links para esta postagem
''.. acho que foi porque a tv ficou ligada. Me esqueci que devo achar uma saída e usar palavras pra mudar a sua vida."

11 de mai de 2011

I. Alice

0 comentários Links para esta postagem
"Uma parte de mim não percebe o erro. A outra parte me culpa e condena-me à penitência."
É impossível querer enxergar o que não existe ou ainda martirizar-se por algo não feito.
Tento compreender o silêncio. O barulho me assusta, mas não reclamo, aceito.
A música calma alivia o cansaço. Tento apagar da memória o que não faz sentido. Distraio o pensamento pensando, enquanto a consciência adormece atormentada.
A lembrança alheia chega na porta esperando que a vergonha bata ma cara. 
O medo do inesperado não me assusta e nem me surpreenderá a surpresa de amanhã.
Fecho os olhos e ainda posso ver flashes de um quebra-cabeça desmemoriado.
Peça soltas num labirinto fingem se esconder. Conheço todas elas. Sei exatamente onde se encaixam, mesmo que ela fujam, eu sei.
A palavra doce vem na hora certa. É bem dita, porém, mal compreendida. O açúcar dessas letras me enjoa, deixando minha boca tão doce, que até posso sentir o amargo do sal.
Meia hora... E tudo virou um tornado. Um turbilhão. Um furacão. Fui junto com eles. Amanhã, depois e ontem. Fujo junto com eles hoje e agora. Fomos sem mais. Sem pretensão de volta, retorno ou visita. Fomos e vamos. Tchau. "
Ismara Alice


 Penso em escrever algo novo mas nada vem em mente.
Não parei de sentir, muito menos perdi a inspiração. Eu só não sei por onde começar.
Já começando...


















Na falta do que escrever resolvi postar esse texto da Ismara. Além de lindos, como ela, esses textos vêem transbordando de emoções. Me identifico muito com a forma de escrever dela e sempre encontro algo que encaixe no meu momento.
Esse não se enquadra MUITO comigo, ou no momento.. mas eu gostei da peculiaridade das palavras.
É só.



3 de mai de 2011

"Saudade pode ser amor à última vista."

2 comentários Links para esta postagem
"E no meu quarto as fotos que eu guardo de você...

Vontade de bater na tua porta e te dizer:
Você me faz feliz demais, o tempo parece parar quando a gente ta junto."
 

Jesuéllem Cardoso Copyright © 2010 Design by Ipietoon Blogger Template Graphic from Enakei