30 de dez de 2010

Nunca me dei bem com meus pensamentos.

1 comentários Links para esta postagem
É isso que acontece quando eu dou asas à imaginação.
Eu penso, penso, penso e não sei o que fazer.
Só percebo a hora de parar quando me encontro em meio à confusão.
Querendo o contrário do que quero, querendo duas coisas.. querendo NADA.


Ou seja... ''eu não sei pensar!''.
Ou penso demais, ou... não penso.

Quanto mais penso, mais ajo pela razão.
Há quem diga que isso é legal.
Pra mim, não é.
Lembra do meu adjetivo preferido?
( espontaneidade )

Pra mim só é legal quando eu não tenho que sentar, avaliar e escrever tudo o que se passa dentro de mim.
Ter que colocar tudo em papel, pra ler, pensar e entender.

Deva ser preguiça, ou distúrbio mesmo.
Eu só sei que eu prefiro fazer e pensar à pensar e fazer.

27 de dez de 2010

Irmão camarada.

2 comentários Links para esta postagem
São 05:18 am e eu parei pra ver umas fotos de família.
Percebi que meu irmão é mais importante pra mim do que eu imaginava.
São anos de convivência, companhia, brincadeiras e tolerância.. rsrs
Além de meu amigo, ele é meu aluno e professor. 
Resolvi então postar o presente que ele me deu no dia 13/12.
É delicioso de ler..



''É estranho como o tempo vai passando e agente não vai percebendo...
Fico imaginando,"po, minha irmã já é adulta". mas tenho certeza que no fundo no fundo, você ainda vai ser aquela menina que jogava água em mim e que brincava comigo de teatrinho e só me deixava com papéis de mendigo.
Eu fico imaginando você subindo no altar, cara eu vo estranhar muito.
Enfim cabeçuda, te desejo um feliz aniversário. 
Que Deus abençõe muito sua vida irmã. e falo tudo isso pelo P.C. porque... por que eu quero.

E você pode estar mais velha hoje, mais daqui pra frente eu sempre vou ser maior que você kkkkkkkkkk'
Eu te amo muito
Parabéns.
E para de força a lágrima!! ''


Júηior




Eu acredito em cada palavra, assim como acredito no seu potencial.
Estou sempre aqui, no quarto ao lado, para quando precisar, bater, entrar, perguntar, sorrir, brigar...
Por mais que seja de lei implicar com você, eu quero sempre ser sua melhor amiga.
Agora, chega de melaço... kkk








Eu te amo, seu pentelho. ♥












Pra quem gosta, segue aí http://juniorcardosoblog.blogspot.com/.

26 de dez de 2010

O Banco

0 comentários Links para esta postagem
'' Imagine que você tenha uma conta corrente e a cada manhã você acorde com um saldo de R$ 86.400,00.

Só que não é permitido transferir o saldo para o dia seguinte.

 Todas as noites seu saldo é zerado, mesmo que você não tenha conseguido gastá-lo durante o dia.

O que você faz? Você iria gastar cada centavo, é claro! 


Todos nós somos clientes deste banco de que estamos falando.

Este banco se chama TEMPO. 

Todas as manhãs, é creditado para cada um de nós 86.400 segundos. 
Todas as noites o saldo é debitado como perda.
 Não é permitido acumular este saldo para o dia seguinte.
 Todas as manhãs a sua conta é reinicializada e todas as noites as sobras do dinheiro se evaporam. 
Não há volta.
 Você precisa gastar no presente o seu depósito diário. 
Invista então no que for melhor: na saúde, na felicidade, no sucesso.
 O relógio está correndo. Faça o melhor do seu dia-a-dia. 

•    Para você saber o valor de um ano, pergunte a um estudante que repetiu de ano. 
•    Para você saber o valor de um mês, pergunte para uma mãe que teve seu bebê prematuramente. 
•    Para você saber o valor de uma semana, pergunte a um editor de jornal semanal. 
•    Para você saber o valor de uma hora, pergunte aos amantes que estão esperando para se encontrar. 
•    Para você saber o valor de um minuto, pergunte a uma pessoa que perdeu o trem. 
•    Para você saber o valor de um segundo, pergunte a uma pessoa que conseguiu evitar um acidente. 
•    Para você saber o valor de um milésimo de segundo, pergunte ao atleta que recebeu a medalha de prata em uma Olimpíada. 

Valorize cada momento que você tem! E valorize mais porque você deve dividir com alguém muito especial, especial o suficiente para gastar o seu tempo junto com você

 Lembre-se que o tempo não espera por ninguém.

Ontem é história. 

Amanhã é um mistério.

Hoje é uma dádiva. Por isso é chamado de presente!






Que seja.

0 comentários Links para esta postagem

Se for pra amar, que seja pelo amor, não pelo compromisso.
Se for pra comer, que seja pela fome, não pela barriga.
Se for pra dançar, que seja pelo embalo, não pelo compasso.

Se for pra ser, que seja, não pelo óbvio, mas pelo certo.


... e que se for pra viver, que seja pela verdade,do melhor jeito, não pela mentira, por mentira.

22 de dez de 2010

Pedido

0 comentários Links para esta postagem
É pedir demais não querer o que todo mundo tem?
Não querer ser como todo mundo é, ou desejar o que todo mundo quer?

Eu não quero ser como todo mundo, viver como todo mundo.
Sofrer de amor como todo mundo..
Eu quero ser do meu jeito e mudar de jeito sem ter ninguém pra me julgar.

Quero amar do meu jeito. De um jeito inteiro, pra sempre, perfeito.
Eu quero viver esse 'sempre' e não viver mais quando descobrir que é ilusão.
Eu quero a franqueza, a sinceridade, a espontaneidade..
Não quero o óbvio nem o comum.
Eu só quero transparência.

Meu pedido é simples.
Eu só quero a verdade de verdade.
Eu troco a  fidelidade pela sinceridade.
O respeito, pela honestidade..
As promessas por lealdade..
As palavras por atitudes e as atitudes pela espontaneidade.

Intimidade é lucro, parceiragem é conseqüência.
Confiança é investimento, transparência é princípio!

Eu quero ser roubada, ser mudada, ser testada, restaurada.. tudo menos ser frustrada.
Eu quero o tudo, o nada, eu quero alguma coisa, contando que seja sincera.


Não é assim tão complicado. Não é difícil perceber...

0 comentários Links para esta postagem
E cada vez que eu fujo, eu me aproximo mais
E te perder de vista assim é ruim demais
E é por isso que atravesso o teu futuro
E faço das lembranças um lugar seguro...
Não é que eu queira reviver nenhum passado
Nem revirar um sentimento revirado
Mas toda vez que eu procuro uma saída
Acabo entrando sem querer na tua vida


Eu procurei qualquer desculpa pra não te encarar
Pra não dizer de novo e sempre a mesma coisa
Falar só por falar
Que eu já não tô nem aí pra essa conversa
Que a história de nós dois não me interessa...
Se eu tento esconder meias verdades
Você conhece o meu sorriso
Lê o meu olhar

Meu sorriso é só disfarce
O que eu já nem preciso...




21 de dez de 2010

Nenhuma Condenação Há

1 comentários Links para esta postagem
De todas as provas que eu já passei( essa ), é bem difícil, Senhor.
A gente ás vezes ouvir acusações do vil tentador.
Lembranças do passado vem, e querem me fazer parar.
Ou mesmo palavras de alguém, que não quer na gente acreditar.
E quase parando sem forças e vigor a gente lê a palavra.
Encontra bastante poder prá vencer e continuar a jornada.
E vêr que o passado ficou prá tras, pois Cristo na cruz tudo já venceu.
E saber que dele não lembra mais, eu canto pra glória de Deus...












:(

Otimismo

0 comentários Links para esta postagem
"A maior verdade sobre as relações, é que às vezes, nós não sabemos nada! Nem sempre você fica com quem quer. E às vezes, você acaba ficando com alguém que não é o ideal. Mas se você tem fé, o universo (Deus) acaba lhe mostrando exatamente o que você precisa. O desafio é permitir-se ficar sozinha até encontrar a pessoa ideal. Mas você não pode se esconder. Ficar na fossa é uma droga. Mas não ficar na fossa nunca, é pior ainda. As respostas não estão numa palestra, nem num livro. Mas, talvez, se você for feliz, você encontre uma. Eu acredito nisso, porque apesar de tudo, eu ainda sou otimista. A verdade é que, se o amor desse sopa, todos estariam amando. "

(Do filme 'Men in Trees')

19 de dez de 2010

/lastout 17.12.10

0 comentários Links para esta postagem
''É uma dor mais amena, quase imperceptível. 
Talvez, por isso, costuma durar mais do que a ‘dor-de-cotovelo’
propriamente dita. É uma dor que nos confunde. ''

16 de dez de 2010

0 comentários Links para esta postagem
Deus escreve certo
                        por linhas que se não fossem tão tortas,
             não teriam se cruzado.





13 de dez de 2010

''Conto'' um presente.

1 comentários Links para esta postagem
Ao amanhecer
O carteiro me chamou.
Havia algo que só poderia ser entregue em mãos.
Desconfiada, recebi o pacote.
Médio, cheio de selos, não parecia ser leve.
Envolvido com papel pardo, parecia ser importante.
Corri pra o quarto com o velocímetro proporcional à ansiedade.
A vontade era tanta, que nem o remetente venceu minha curiosidade...
Os selos se tornaram picados e minha unha serviu como faca.

Me senti como criança.
Era apenas uma caixa mas todo aquele suspense a tornou uma obra de arte.
Dentro dela, outra caixa, embrulhada de vermelho.
Novamente me peguei rasgando os papeis que voavam como chuvas de pétalas.
Aos poucos eu ia rindo como se soubesse o que me esperava...

Outra caixa!
Dessa vez de madeira, decorada com uma foto significativa.
Sorriso, nostalgia...

Receosa, fui abrindo aos poucos.
Na proporção do medo que sentia.
Dentro dela, um "livro de verdade" e um "cheiro de saudade".
Coisa linda de se ganhar.

Imediatamente, reconheci quem me enviou.
Segurei o livro com as duas mãos e o levei de contra ao peito.
Eu sabia que todas as respostas da vida estavam dentro 'dEle'.

Abri o perfume e espirrei em meu pulso.
O aroma se espalhou pelo quarto e me peguei sonolenta.
Espalhei todo aquele papel e me acomodei.

Um suspiro pra findar todo alvoroço e me entreguei ao sono.
(...)

Sonhei escrevia um conto...

Contando cada emoção de se ganhar o melhor de todos os presentes, o amor.







Por Jê Cardoso - 13/12/2010 - 03:12 am.
Itaperuna - RJ.








9 de dez de 2010

.

0 comentários Links para esta postagem
... o ''ontem'', o agora e o depois.

Quando a gente gosta é claro que a gente cuida.

5 de dez de 2010

Sinceridade ao espelho.

3 comentários Links para esta postagem
Quando a luta é pessoal, você se torna o único a colecionar feridas.
A pior falsidade não é a com o próximo, é aquela que começa em um ensaio, em frente ao espelho.

Dizem que o auto conhecimento é complexo porque o ser humano é complexo.
Então, sendo assim, viva a complexidade que és, não a falsidade que tens.

Pra que se martirizar?
Montar um personagem que até ontem criticava.
Criar um protagonista de uma história quem nem é sua.
Usar a roupa que te incomoda só porque quer mostrar que, hoje, pensa diferente, ou não pensa nada.

Sua identidade vai aparecer devagar, sem mentira, aos poucos...de leve.
Pra que forçar?
Ninguém vai gostar mais de você se o esforço for maior que a verdade !

Não precisa vestir isso pra se mostrar aquilo.
Não precisa comer o que não te enche para enganar o estômago.

Relaxa, não tente se dominar.
A calma é o melhor calmante.

O que você tem pode até fazer algumas pessoas passarem por sua vida.
Mas só vai te dar valor quem sabe, realmente, quem você é.
Chega de fingir, chega de forçar, pare de imitar.
Nada de juras. Isso, com você, nunca funciona. 
Não prometa, não avise, cumpra!

Assuma um papel.
Pare, pense, se preciso for: anote.
Quem você é? O que você quer? Como você faz? Como quer fazer...

Não copie se não admirar, crie se ainda não estiver achado nada que valesse a pena ser plagiado.
Se Deus quisesse todo mundo igual, não teria criado a espontaneidade, a criatividade, a sinceridade.


Lembre-se que nosso maior inimigo são aqueles conflitos que nós mesmos criamos. Os mesmos que abrigamos dentro de nós.

Tá errada? MUDE!
Tá certa? DEFENDA!
Quer? CORRA!
Não quer? DESISTA!
Mas seja sincera com seu espelho, ele não merece suas mentiras.
.

Mostre quem é você. Quem mora dentro de você.




[   IN - diretas ]

3 de dez de 2010

Até que...

0 comentários Links para esta postagem
...
O que vier, eu vou falar.
O que achar, eu vou fazer.

Vai ser assim, até que eu mude.

Errada ou não, ainda sofro
Certa ou não, estou no lucro.
Vai ser assim, até que eu mude.

Meu coração está cansado,  é justificável tal liberdade à razão.
Minhas pernas engrossaram de tanto correr atrás de encontrar, de ter, de estar, de ser feliz.
Nunca desisti, sempre exaltei as pequenas alegrias, transformando-as em grandes espetáculos que apelidava de felicidade. 
Meu ego está ferido, minha voz está rouca de tanto falar.
Mas vai ser assim, até que eu mude.

Insanidade.
Teimosia.
Inconseqüência
Vai ser assim, até que eu mude. 

Até o dia em que você pare de me mudar.
Até o dia em que você mude.
Ou até o dia em que eu acredite que você mudou.

Vou ser assim, até que eu mude.

...
Cabe à você mudar, moldar, esperar...ou não.


2 de dez de 2010

É importante sentir falta.

0 comentários Links para esta postagem
Estou feliz em poder sentir tua falta.
É assim o nosso ciclo. É assim o meu ciclo.
Eu preciso saber se você está bem, se respira, se comeu ou tomou banho - com o calor que está fazendo neste verão, tome pelo menos uns três ao dia, e pense em mim, estou com calor também. 

Me faz bem pensar nessas atividades corriqueiras, que supostamente você está fazendo. 
Preciso saber se você suportará me perdoar todas as vezes que eu falhar. E que não desista caso eu demore a te perdoar.
Eu preciso sentir tua falta pra te manter vivo dentro de mim.

Eu te preciso.
Perto, longe, tanto faz.
Contando que eu sinta sua falta.






1 de dez de 2010

Saudade pensada.

1 comentários Links para esta postagem
Na medida em que o tempo vai passando a saudade se torna sufocante. Você finge que está bem. Finge ser forte. Mas quem te conhece de verdade sabe a quantidade de lágrimas que seu travesseiro carrega.
É como se estivesse escrito SAUDADE dentro dos seus olhos e mesmo querendo explodi-la, você continua tentando disfarçá-la com ajuda de um remoto controle.




















Adap. I. Alice
 

Jesuéllem Cardoso Copyright © 2010 Design by Ipietoon Blogger Template Graphic from Enakei