19 de nov de 2010

Minha Sinceridade

Vamos jogar limpo, vamos falar sério, olho no olho.
Eu quero jogar limpo, quero falar sério, olhando dentro olho.
Mostrar tudo o que eu acho que aprendi, falar tudo o que penso sem precisar dizer nada.
Arriscar a fatalidade de uma conversa sincera.
Chorar sangue até que saia toda angústia.
A mágoa não é por ver a mentira, mas sim por não conseguir mais acreditar na verdade.
Será que é fácil fazer alguém entender de como é difícil entender?
Voltar atrás é doloroso e eu tenho medo do passado.
Sofri, chorei, insisti... e cheguei até aqui, no ponto de partida.
Eu preciso jogar limpo comigo, falar sério pra mim, olhar dentro dos meus olhos e tentar me entender.
Só ai então, depois de ter dado o primeiro passo poderei recomeçar.
(...)

''Se, antes de tudo, tivesse aprendido e acreditado na minha brincadeira de dizer verdades, teria ouvido e dito verdades que teimo em dizer brincando, falei muitas vezes como uma palhaça  mas jamais duvidei da sinceridade da platéia que sorria.''



0 comentários:

Postar um comentário

Muito bom saber sua opinião, obrigada.

 

Jesuéllem Cardoso Copyright © 2010 Design by Ipietoon Blogger Template Graphic from Enakei