25 de nov de 2010

Tem que ser.

Pra ser homem tem que ser muito mais do que homem.
Não basta mostrar o que se é.
Existe uma coisa que vai além da personalidade machista.
Optar somente pelo caráter, na hora da escolha, é uma grande hipocrisia feminina.
Homem que é homem, tem que ter sorriso largo, peito aberto e pernas grossas.
Tem que ter opinião formada, pulso firme, sensibilidade e saber a hora certa de se impor.
Homem que é homem tem que ser delicado ao brigar,  manso ao implorar e sutil ao oferecer.
Pra ser homem é necessário entender que a razão pode nem sempre estar com a mulher, mas não custa nada fingir.
Ele se torna insubstituível  quando entende que submissão é quando a mulher estar abaixo da missão de vida que ele tem, não abaixo das suas vontades.
O homem tem que entrar no compasso feminino. Não que ela goste de mandar, o negócio é que ela sempre soube dançar.
Pra ser homem tem que perceber que a mulher gosta de ser contrariada, às vezes, quase sempre. Não agora!
Tem que entender que tudo é relativo, tudo pode mudar. Vai depender do período do mês...
E mesmo que tudo pareça estranho, tem que ser homem suficiente pra fingir que a entende.

(...)
Homens... quem os entende?

2 comentários:

Carol Andrade on 11/25/2010 4:53 PM disse...

nossa! aaaaaaameeei

Roberta Lima on 11/25/2010 5:11 PM disse...

Muito Bom Amei!!!!!!

Postar um comentário

Muito bom saber sua opinião, obrigada.

 

Jesuéllem Cardoso Copyright © 2010 Design by Ipietoon Blogger Template Graphic from Enakei